Home  | Segurança em comprar com pagseguro  | Prazo de entrega  | Dicas  | Quem Somos  | Informações importantes  | Frete e Devoluções  | Dicas O que é Chlorella  | Tabela de Preços |

 Cálcio de Algas
   Litho Calcio
   Litho Calcium

 Catalmedic
   Antioxidante
   Cardiovascular
   Dolomita Dr. Kanyo
   Gastrointestinal
   Imunológico
   Linha Catalvit
   Multivitaminicos
   Muscular
   Neurológico
   Osteoarticular

 Esportes
   Bandagem Adesiva

 Kankin
   Kanjim

 Saúde e Beleza
   Cuidados com as mãos
   Cuidados com o corpo
   Cuidados com o rosto
   Maquiagem
   Martelinho
   Outros

 Terapia Flor de Iris
   chá
   Suplementos
   Terapia Flor de Iris

 Terapia Quântica Vibracional
   Biofactor
   Biofactor Gel
   Catalmedic
   Colágeno
   Diáteses
   Diateses Gel
   Fisiotox
   Fitoquantic
   Fitoquantic Gel
   GENQUANTIC
   HARMONIZADORES
   Ioquantic
   Ioquantic Gel
   Linha Plus
   Minerais spray
   NEUTRALIZADOR
   Oxyderm Gel
   Oxyderm Sublingual
   QUANTFLAN
   RECEPTQUANTIC
   Vitquantic

 Chlorella
   CGF CLORELLA
   Chlorella 1000
   Chlorella 300
   Chorella 4000 comp
   chorella 50 caps
   Chorella 500 comp
   Clorella 100 caps

 Óleos em Cápsulas
   CLK 1000 Óleo de Cártamo
   D.H.A.
   Lecitina de Soja
   Linhaça
   Óleo de Alho
   Óleo de Borrage
   Óleo de Cártamo
   Óleo de Coco
   Óleo de Germe de Trigo
   Óleo de Linhaça
   òleo de Primula
   ômega 3
   Ran-yu
   Squalene

 Produtos Terapeuticos
   ACUPUNTURA
   dvd stiper

 Suplemento Vitaminico e Mineral
   Ágar Ágar
   Psyllium

 Produtos da Amazonia
   AM77 - Fortalecedor de Unhas
   Balsamo da Amazonia
   Bio Halit´z
   BioBalsamo
   Clean Hands
   Sabonete Intimo SI31
   TNORAX HTC 43

Croniflan - 50 ml

Croniflan - 50 ml
R$ 58,80
ou 3 X R$ 20,78

 

Energia Análoga Florais Frequenciais
Cogumelo
ACEROLA
Dicas
Beringela 250 mg
LITHO CALCIUM
Bio-St.-Joseph
Segurança em comprar com pagseguro
Prazo de entrega
Formas de Envio
SAUDE MENTAL
Quem Somos
PIANTO
Informações importantes
Frete e Devoluções
Notas de Privacidade
Biofactor
Ioqunatic
Fitoquantic
Dicas O que é Chlorella

Entenda como age Litho Calcium

Como a descompensação dos elementos minerais no organismo humano é um dos fatores que contribuem para torná-lo cada vez mais ácido, predispondo-o a inúmeras doenças, a suplementação fornecida pelo Litho Calcium ajusta o pH orgânico para um estado ligeiramente alcalino (7,2 - 7,6).
Além disso, o elenco de minerais presentes em sua composição eleva os padrões de vitalidade, contribuindo para prevenir e mesmo tratar uma série de doenças, dentre elas a fibromialgia, o diabetes, a artrite, a osteoporose e problemas decorrentes do colesterol alto.

Numa palavra, Litho Calcium é equilíbrio. Reconduzindo o organismo o mais próximo possível dos padrões naturais, favorece o pleno funcionamento dos potenciais regenerativos e defensivos do próprio ser.

Litho Calcium é recomendado para pessoas de todas as idades; crianças e jovens têm no Litho Calcium poderoso auxiliar da boa formação óssea e orgânica. Adultos beneficiam-se das propriedades reconstituintes dos elementos minerais de Litho Calcium, com efeitos imediatos em seu bem-estar geral.

Mesmo quem aparentemente não tem problemas de saúde obtém de Litho Calcium benefícios como aumento da massa muscular, melhor desempenho da memória, mais capacidade de trabalho e aprendizado, redução do stress, maior resistência imunológica e melhor desempenho sexual.

 

01 - Litho Calcium é remédio?

Não. É um suplemento alimentar natural, composto de todos os minerais necessários ao equilíbrio e bom funcionamento do organismo. E quando o organismo funciona corretamente, a saúde melhora. Muitos problemas como o mal-estar, a falta de disposição e a baixa resistência imunológica deixam de existir, porque o próprio corpo se defende das doenças e corrige as disfunções.


02 - Litho Calcium engorda?

Não. Estudos sobre o uso deste suplemento demonstraram que ocorre uma diminuição na gordura e aumento na massa muscular. Como o músculo é mais pesado que a gordura, pode-se ter a impressão de ter engordado porque o peso corporal aumentou. Na verdade, massa muscular bem proporcionada é saudável, por dar melhor sustentação ao corpo.


03 - Litho Calcium tem alguma contra-indicação ou efeito colateral?

Testes científicos realizados até o momento não apontam para qualquer efeito colateral no uso de Litho Calcium. Da mesma forma, não há contra - indicações. Pessoas com cálculos renais podem tomá-lo sem receio, pois o cálcio contido em Litho Calcium encontra-se em estado orgânico, sendo absorvido integralmente, sem deixar depósitos. Além disso, o magnésio de Litho Calcium remove os depósitos calcáreos já existentes nos cálculos, ajudando a dissolvê-los. Quem toma diversos remédios (em tratamento) também é beneficiado pelo uso do Litho Calcium, que protege a mucosa estomacal, prevenindo úlceras e gastrites. Certos antibióticos, porém, podem ter absorção alterada em presença do cálcio, sendo recomendado que Litho Calcium e os atibióticos sejam tomados em horários diferentes. Vale lembrar, no entanto, que todo medicamento só deve ser utilizado com o conhecimento do médico.


04 - Em quanto tempo os efeitos de Litho Calcium se apresentam?

Na média, em doze dias, dependendo, é claro, do estado geral de quem o toma. Pessoas com problemas de saúde mais arraigados podem precisar de um pouco mais de tempo de uso para sentir os primeiros resultados.


05 - Quem tem pressão alta pode tomar Litho Calcium?

Sim, pode. Em muitos casos, seu uso contribui para a normalização da pressão.


06 - Posso parar de tomar remédios quando Litho Calcium eliminar os sintomas de doença de meu corpo?

O poder de reajuste orgânico de Litho Calcium certamente fará com que muitas pessoas não mais necessitem de tomar certos medicamentos. No entanto, nenhum tratamento deve ser interrompido sem ordem médica.


07 - Diabéticos podem tomar Litho Calcium?

Podem. O Cromo orgânico contido em Litho Calcium é fundamental para a potencialização da insulina(14)* produzida pelo organismo.


08 - Por quanto tempo se deve tomar Litho Calcium?

Não há limite de tempo. Litho Calcium é um suplemento alimentar mineral e pode ser tomado sempre.


09 - Mulheres gestantes ouamamentando podem tomar Litho Calcium?

Sim. O uso de Litho Calcium pela gestante contribui para a boa formação do feto, bem como para o estado geral de saúde da mãe, influindo benéficamente em seu controle emocional. Na amamentação, Litho Calcium favorece o aumento de produção e qualidade do leite materno, atuando ainda no processo de emagrecimento da mãe.


10 - Criança pode tomar Litho Calcium?

Sim, pode. Litho Calcium colabora no crescimento e formação dos ossos, fortalece o sistema imunológico e favorece o melhor desempenho intelectual.


MENOPAUSA

 Essa palavra soa quase como uma ameaça para a maioria das mulheres, especialmente após os 35 anos.

 Histórias terríveis povoam o imaginário feminino e vêm à tona sempre que se toca nesse indesejado assunto. Movidas pelo temor do anunciado e inevitável sofrimento, muitas mulheres buscam tratamentos, remédios ou dietas que possam, se não evitar, pelo menos protelar ou minimizar seus efeitos. Isso pode ser perigoso para a saúde, pois menopausa não é doença.

 Menopausa é nada mais do que a parada de funcionamento dos ovários. Com isso, dois hormônios deixam de ser produzidos: o estrógeno e a progesterona.Como efeito mais imediato, a mulher para de menstruar. Isso acontece normalmente entre 45 e 55 anos, podendo variar de mulher para mulher, sem que possa ser considerado anormal. Para muitas mulheres a menopausa sinaliza que está chegando por menstruações irregulares, mais escassas ou mesmo hemorragias. É o período conhecido por pré-menopausa ou perimenopausa.

 > Sintomas

 Há mulheres que não sentem muito a chegada da menopausa. A maioria, no entanto, pode vivenciar alguns sintomas como ondas de calor, insônia, certa irritabilidade, algumas mesmo apresentando tendência a estados depressivos. Mas o aspecto mais sério a ser considerado em relação à menopausa é a descalcificação, que se intensifica nos primeiros cinco anos a partir da pré-menopausa.

Isso pode levar à osteoporose.
TPM

 A Tensão Pré-Menstrual, ou TPM, pode ser um incômodo (no exato sentido da palavra) tanto para a mulher que a sente como para as pessoas que com ela convivem. Como bem diz o nome, é um estado peculiar de ânimo que precede a menstruação. Variando de intensidade de mulher para mulher, é provável que todas sofram a TPM em algum grau.

 > Sintomas

 De um modo geral, as mulheres ficam muito irritadiças, perdendo o bom-humor com mais facilidade do que em outros dias. Algumas têm momentos de tristeza sem motivo e choram com facilidade, tendendo a estados depressivos. Pode acontecer uma queda de rendimento no trabalho. A auto-estima é afetada por sensações de rejeição. Muitos relacionamentos já foram abalados por causa da TPM.

Organicamente, a TPM também provoca uma série de distúrbios: alguma dificuldade para concentrar-se, cansaço, falta de energia, insônia, sensação de inchaço, aumento da sensibilidade das mamas, dores de cabeça.

 A medicina ainda pesquisa as causas da Tensão Pré-Menstrual. Atualmente, acredita-se que o organismo feminino produza ou altere os níveis de seus hormônios durante esse período, interferindo no sistema nervoso central.

Porém é preciso lembrar que toda e qualquer anormalidade do comportamento de seu organismo deve ser informada ao médico.

 > Litho Calcium pode ajudar na TPM?

 Sim. Pesquisas em andamento no mundo científico relacionam o uso de cálcio e magnésio ao alívio dos sintomas da TPM. Além disso, o equilíbrio funcional proporcionado ao organismo pelos componentes minerais de Litho Calcium colabora para o bem-estar geral, diminuindo a intensidade ou mesmo evitando a maioria dos sintomas. Você não precisa sofrer por ser mulher!
 STRESS

 Quando perdemos a paciência diante de algum problema e extravasamos de forma intempestiva o momentâneo estado de espírito, costumamos dizer ou ouvir que estamos "estressados". Mas isso não é de todo exato. Na verdade, sob o ponto de vista fisiológico, o "stress" é uma tensão necessária ao desempenho fisiopsíquico. Exemplificando, quando um corredor espera pelo tiro de largada, a concentração de sua atenção provoca a liberação de certos hormônios, como a adrenalina, forçando o retesamento dos músculos, a aceleração do batimento cardíaco e do ritmo respiratório, deixando seu corpo mais ou menos como um arco pronto para disparar a flecha. Isso é o stress. Graças a todo esse processo, o atleta consegue reunir as energias para o objetivo, que é correr o mais possível, com a intenção de vencer a prova. Passado o momento decisivo, todos os níveis orgânicos voltam ao normal.

 O stress, como dispositivo de ação, é parte necessária à vida. Precisamos dele para resolver os problemas, superar obstáculos, fazer funcionar a criatividade e realizar nossos projetos. A dificuldade começa quando perdemos o domínio sobre os estados emocionais e não conseguimos retornar ao equilíbrio após o emprego das energias liberadas pelo stress.

Assim como a depressão, os sintomas desse desequilíbrio podem ter origem orgânica. Explosões nervosas constantes, crises de choro, agressividade, insônia, são algumas de suas manifestações mais evidentes. Em casos mas graves, podem acontecer distúrbios gástricos, preocupações e dores sem origem. As causas variam desde simples cansaço até alterações neurológicas e hormonais, detectáveis por exames médicos.

> Prevenção

 Vida saudável é um excelente meio de preservar o equilíbrio das funções orgânicas e psíquicas e evitar as conseqüências do descontrole do stress. Aqui, também, é importante fornecer ao corpo os elementos de que ele mais precisa para se manter em forma, como vitaminas e elementos minerais como os que estão presentes na composição de Litho Calcium.

 Atividade física, disciplina de utilização do tempo, exercício mental, cultivo da alegria e do bom relacionamento também ajudam e muito.
 MASSA MUSCULAR

 Nunca se buscou a boa forma como nos dias de hoje. Não apenas para melhorar a aparência, mas também (e principalmente) para melhorar a saúde, é necessário que tenhamos a massa muscular bem proporcionada, desenvolvida e distribuída harmonicamente, em acordo com cada biótipo. Além de realizar o trabalho de movimentação corporal, a musculatura dá a sustentação do esqueleto, sendo fundamental para uma postura correta, evitando problemas na coluna e outras regiões do corpo, como as articulações.

 Atletas e pessoas que tenham profissões que exijam grande força e a chamada "explosão" fazem tratamentos e treinamentos especiais para esse fim, normalmente com acompanhamento médico. Muitas vezes enfrentam uma disciplina dolorosa para ter ganho de massa muscular em tempo menor que o habitual, em função de competições e marcas que devem ser atingidas. Mesmo com todos os cuidados, não é raro lesionarem-se ou enfrentar problemas orgânicos em troca de uma musculatura excepcional.

 Mas se você não é atleta profissional, a sua massa muscular ideal é aquela que lhe permita realizar todas as funções do cotidiano sem demasiado esforço ou cansaço. Além disso, que modele seu corpo estéticamente, sem exageros. Isso vale tanto para os homens como para as mulheres.

 A falta de exercícios físicos, bem como a idade e a conseqüente diminuição de certos hormônios no organismo, tende a diminuir a massa muscular, com reflexos indesejáveis tanto na aparência quanto no bem-estar geral.

Para corrigir essa condição, é preciso tomar algumas providências básicas:

 > Exercício físico

 Cada um deve fazer os exercícios que sejam recomendados à sua idade e estado atual de saúde. É importante uma avaliação clínica antes de iniciar um programa de exercícios. A moderação também é necessária; o corpo vai se condicionando gradativamente ao esforço a que é submetido, e esse tempo deve ser respeitado. O coração agradece.

 > Repouso

Esse é um aspecto muito negligenciado hoje em dia. Muita gente chega da "balada", toma um banho frio e corre para o trabalho. Outros tentam "tirar o atraso" das noites mal-dormidas e do excesso de trabalho ficando na cama por um dia inteiro.

Nosso corpo tem um sistema de controle para o período de sono, denominado ciclo ou ritmo circadiano, de que a glândula pineal (epífise) é a encarregada. Este ciclo coincide com o nascer e por do sol, de modo que, nas horas do dia nos mantemos ativos e, quando o sol se põe, a vitalidade começa a entrar em "hibernação", até sermos dominados pela necessidade de dormir. Contrariar a natureza pode acarretar sérios problemas, tanto psicológicos quanto físicos. Portanto, se você iniciou um programa de atividade física, procure ter uma disciplina de repouso, dormindo pelo menos as tradicionais oito horas diárias.

 > Alimentação adequada

 Nenhum programa de ginástica deve prosseguir sem um ajuste na alimentação. Afinal, você vai queimar calorias, perder líquido e sais pelo suor, gastar a glicose e outros nutrientes que o corpo acumula a partir dos alimentos que você ingere. Vai exigir do corpo uma série de processos metabólicos para a síntese de proteínas necessária a formação de massa muscular, envolvendo alguns hormônios importantes, como o GH (hormônio do crescimento, produzido pela glândula pituitária ou hipófise), a testosterona e a insulina. Sua alimentação deve conter vitaminas, proteínas, carboidratos e sais minerais nas proporções que a atividade do organismo requeira para seu equilíbrio. Uma consulta ao nutricionista é bem oportuna.

 > Hidratação

 O corpo humano é quase 70% água. Todos os processos orgânicos, mesmo em nível celular, dependem da presença da água. Graças à ela nossos rins podem filtrar contínuamente o sangue, eliminando as toxinas e demais impurezas que, de outra forma, poderiam ser danosas à saúde. Em condições normais, precisamos beber de dois e meio e três litros de água (água, mesmo!) por dia. Quando nos exercitamos, pela maior perda de líquido, essa necessidade aumenta. Esse é um aspecto que você não pode deixar em segundo plano, sob pena de, no mínimo, sofrer uma desidratação.

 > Respiração

 Sem comida, uma pessoa pode sobreviver por vários dias. Sem água, essa margem de sobrevivência diminui razoávelmente. Sem ar, porém, raramente alguém permanece vivo mais do que dez minutos! É nos pulmões que acontece a troca gasosa; o sangue libera o gás carbônico e fixa o oxigênio presente no ar, levando-o para todo o organismo, inclusive para os músculos. O oxigênio é necessário à "queima" da glicose nos músculos para a transformação em energia.

Respirar pelo nariz é uma forma de evitar a contaminação pelos microorganismos e impurezas presentes na atmosfera; os cílios e a mucosa nasal retêm essas impurezas, evitando que a maior parte delas penetre nos pulmões, o que não acontece quando se respira pela boca. Respirar plenamente, "enchendo o peito" faz com que o ar preencha as câmaras (alvéolos) superiores dos pulmões, retirando os resíduos de gás carbônico e acrescentando mais oxigênio ao sangue. Respirando corretamente colaboramos com a conservação da saúde. Durante exercícios, essa taxa extra de oxigênio é bem-vinda, pois representa mais energia.

 > Suplementação vitamínica

 Mesmo o cardápio mais variado não contém todos os componentes de nutrição que seu corpo precisa. E quando você se exercita, essa necessidade aumenta, para fazer frente ao consumo de energia e às alterações como o aumento de massa muscular. É possível que você tenha que adicionar um suplemento vitamínico à sua dieta.

Consulte seu médico.

 > Adição de oligoelementos

 Também conhecidos como micronutrientes, os oligoelementos são extremamente importantes para quem quer ganhar massa muscular. Mesmo quando sua alimentação parece completa, a carência de minerais interfere diretamente no processo de ganho de massa. Usando Litho Calcium você adiciona 74 minerais à sua nutrição, especialmente cálcio e magnésio, de maneira 100% natural. Litho Calcium é de origem vegetal (alga lithothamniuum), contendo os elementos minerais em forma orgânica. O cálcio de Litho Calcium é perfeitamente absorvido pelo organismo, o que não acontece com outros produtos, à base de carbonato de cálcio. Você ganha massa muscular e fortalece os ossos, prevenindo a osteoporose.
 OSTEOPOROSE

 É a conseqüência da perda de cálcio, que torna os ossos porosos como esponjas, fazendo com que fiquem menos resistentes e sujeitos a fraturas. Embora o homem também possa desenvolvê-la, a osteoporose atinge mais às mulheres após a menopausa, que é uma das principais causas da descalcificação feminina.

 Não só a menopausa, mas uma alimentação pobre em cálcio e minerais também contribui para a ocorrência da osteoporose. Outro fator de risco é o consumo de álcool e cigarro. Existem também certas predisposições relacionadas ao histórico familiar de incidência da doença, a falta de exercícios físicos e a utilização de certos medicamentos, como anticonvulsivantes, hormônios, heparina e glicocorticóides.

 > Diagnóstico

 Há diversos métodos para diagnosticar a osteoporose; dentre eles, o mais eficiente é a Densitometria Óssea. Este exame possibilita ao médico avaliar a perda de massa óssea da paciente.

 > Prevenção

 Como prevenir a osteoporose? Na realidade, a melhor prevenção começa ainda na infância. Uma alimentação que inclua leite e seus derivados, além de verduras, frutas e legumes ricos em minerais diminui razoavelmente as probabilidades do desenvolvimento da osteoporose. Exercícios físicos moderados e exposição ao sol da manhã também colaboram para uma boa formação óssea.

 Aliás, a atividade física é benéfica em todos os sentidos. Quem se exercita ganha disposição, respira melhor, equilibra o apetite e fortalece todo o organismo.

Mas exercitar-se requer alguns cuidados; sempre alongar-se e fazer aquecimento antes de qualquer esporte ou mesmo uma simples caminhada, para evitar contusões, estriamentos e dores musculares. Além disso, deve-se cuidar da alimentação, beber muita água e repor os elementos nutrientes que estejam faltando em seu corpo.

 Esta reposição pode ser feita de modo completo e natural pelo uso de Litho Calcium, graças aos 74 minerais presentes em sua composição.

 Outra providência importante na prevenção da osteoporose é iniciar mais cedo, bem antes da idade crítica, o tratamento da menopausa. Consulte seu médico a respeito.

 > Dados Importantes sobre osteoporose

 Em todo o mundo, esse é um problema tão grave que levou a OMS (Organização Mundial de Saúde) a denominar o período de 2000 a 2010 a Década dos Ossos e Articulações. Pesquisas e estudos foram intensificados em busca dos melhores tratamentos e sistemas de prevenção desta doença.

 Alguns fatores predispõem à osteoporose:

 > Hereditariedade - Casos de osteoporose nos pais e irmãos mais velhos são indicadores da possibilidade do início da perda de massa óssea a partir dos 45 anos.

> Diminuição de hormônios - A perda óssea mais sensível começa na menopausa, para as mulheres, e na andropausa, para os homens.

> Raça e estrutura física - Mulheres de ossatura delicada e pele clara têm maior tendência à osteoporose.

 > Sedentarismo - A ausência de atividade física é fator agravante na perda de massa óssea. É importante para a prevenção da osteoporose a prática regular de exercícios, principalmente para as mulheres.

 > Doenças crônicas - Disfunções da tireóide, problemas renais, reumatismo e inflamação nas articulações podem provocar maior perda de massa óssea.

 > Nutrição inadequada - A falta de cálcio na alimentação desde a infância até a idade adulta compromete a renovação da massa óssea.

 > Fumo, álcool e café em excesso.

 > Uso de hormonios da tireóide, diuréticos, anticoagulantes, corticosteróides e outros medicamentos sem acompanhamento médico.

 > Atualmente, pelo menos 10.000.000 brasileiros têm osteoporose.

 A osteoporose aflige cerca de 1/3 das mulheres entre 60 e 70 anos e 2/3 das mulheres com 80 anos ou mais.

 Pelo elevado número de pessoas atingidas, a osteoporose é hoje um problema de saúde pública, que gera enormes gastos para tratamento. Uma fratura de quadril pode custar 24 mil reais. A frequência de casos fatais é de cerca de 20% entre mulheres e até 50% nos homens. Aproximadamente 30% dos casos pode resultar em invalidez.

 Segundo a Fundação Internacional de Osteoporose, no Brasil, apenas 2% dos portadores recebem tratamento adequado.

 No Brasil, conforme dados do Ministério da Saúde, ocorrem anualmente cerca de 1.000.000 de fraturas decorrentes de osteoporose, das quais 250.000 são de quadril, que é a forma mais grave de fratura.

 Informa a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia que as fraturas por osteoporose ocorrem:

 3 vezes mais do que doenças coronárias;

 7 vezes mais do que derrame cerebral;

 8 vezes mais do que câncer de mama.

 É bem mais barato prevenir a osteoporose, pois o tratamento (sem considerar custos de cirurgias e internação) fica entre R$ 100 e R$ 3.000 ao mês.

 Uma dieta rica em cálcio, especialmente na infância e adolecencia, assim como a suplementação com uma boa fonte de cálcio após a menopausa, constituem a principal forma de prevenção.

 Fontes:

OMS - Organização Mundial de Saúde

 International Osteoporosis Foundation

Sociedade Brasileira de Osteoporose

 Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

 Ministério da SaúdeCREMESP
ANDROPAUSA

 É, resumidamente, o declínio da produção do hormônio masculino denominado testosterona. Este hormônio é responsável pelas características sexuais secundárias; massa muscular, distribuição dos pelos, tom da voz e comportamento. Está ainda associado ao crescimento.

 A testosterona é produzida em quantidade razoável (cerca de sete miligramas) pelo organismo masculino, todos os dias, durante a maior parte da vida. Por volta de 55 anos começa uma gradual redução nesta produção, tendo como efeito uma série de sintomas:

 > Aumento de gordura

 > Redução da massa muscular

 > Dificuldades com a memória e capacidade de concentração

 > Problemas com o sono

 > Queda no desempenho sexual

 > Mau-humor e nervosismo

 > Tendência à depressão e à osteoporose

 São condições que podem variar tanto na incidência quanto na intensidade, por fatores que vão desde a genética até a estrutura psicológica do homem. Mas a nutrição é um aspecto relevante no que diz respeito à andropausa. Quem se alimenta corretamente e supre as carências vitamínicas e minerais pode reduzir ao mínimo os seus sintomas.

 > Tratamento

 Há uma diferença fundamental entre a menopausa feminina e a chamada andropausa. Enquanto que, na mulher, o fim da ovulação é um fato inevitável, com a paralisação definitiva do funcionamento dos ovários, o que ocorre no homem é uma diminuição gradual da produção de testosterona, que continua a existir em seu organismo, ainda que em quantidade bem menor.

Além dos tratamentos atualmente empregados, como a reposição de hormônios e a medicina ortomolecular, a atividade física e mental regular é um poderoso preventivo. Cabeça ocupada não envelhece.

 Mas a medicina recomenda ainda a suplementação de vitaminas, sais minerais e oligoelementos, que melhoram a resistência física e capacidade mental, devolvendo o interesse pela vida.

 Litho Calcium, por ser um suplemento completo em oligoelementos, é um poderoso auxiliar na superação dos efeitos da andropausa.
 DEPRESSÃO

 Assim como o stress, a depressão é considerada um mal dos tempos modernos. Nunca se falou tanto em depressão como nos últimos anos. Surtos de tristeza sem causa, abandono dos interesses pessoais, anulação de si, propensão à auto-destruição, pessimismo exacerbado, são comportamentos normalmente associados à depressão. Porém a medicina faz uma distinção entre estados psicológicos depressivos e a depressão propriamente dita. Enquanto no primeiro caso os sintomas tendem a desaparecer com o reajuste das circunstâncias que os causaram, o segundo é uma disfunção orgânica, uma doença, precisando de cuidados profissionais em seu tratamento.

 No entanto, a ciência admite ainda não ter encontrado a causa exata da depressão, também denominada técnicamente "transtorno bipolar" quando os estados de humor alternam-se entre a euforia e o desânimo e "transtorno monopolar" quando somente o estado depressivo se manifesta. Acredita-se que sua origem está no desequilíbrio bioquímico dos neurônios nas áreas cerebrais que controlam o humor.

> Prevenção

 A influencia da mente e das emoções nos estados orgânicos é hoje uma possibilidade sériamente considerada por diversos segmentos da ciência médica. Experimentos demonstraram que pessoas que cultivam atitudes mentais e emocionais positivas mantém melhores padrões de saúde e resistência imunológica. Mesmo sabendo que com todos os problemas do cotidiano, ter bom-humor e tranqüilidade permanentes seja algo bem difícil, vale a pena o esforço de sorrir para a vida e exercitar a tolerância.

Cuidar bem do organismo, alimentando-se e respirando de forma correta, fazendo exercícios regulares e suplementando as carências nutricionais também é uma excelente forma de evitar a depressão. Litho Calcium fornece uma completa base de nutrição, contendo todos os elementos minerais importantes para o corpo.

 É natural que nos entristeçamos diante das perdas, sejam materiais ou afetivas.

Da mesma forma, ficar aborrecido por contrariedades é algo perfeitamente normal.

O que não é natural é a persistência de sintomas depressivos por longos períodos. Isso pode ser depressão no sentido clínico da palavra, exigindo o auxilio médico.
 
FIBROMIALGIA

Dores musculares intensas, indisposição geral, distúrbios do sono, menstruação conturbada; este é, em parte, o quadro sintomatológico provável da fibromialgia.


 Até bem pouco tempo essa doença não era reconhecida pela medicina, que costumava atribuí-la a distúrbios emocionais. Hoje, porém, a comunidade científica tende a classificar a fibromialgia como uma espécie de reumatismo associado a uma condição de maior sensibilidade a estímulos de dor.


 Apesar de não trazer seqüelas como a deformação física comum a certos tipos de reumatismo, a fibromialgia pode afetar a vida e prejudicar o desempenho profissional, por submeter seu portador a um constante stress decorrente das dores e do mal- estar.


 Segundo pesquisas, cerca de 5% da população tem fibromialgia, sendo maior a sua incidência no sexo feminino. No Brasil, os estudos indicam uma proporção maior; em torno de 10%, tendo em conta as condições sócio-econômicas do país.


 A fibromialgia pode se manifestar em decorrência de vários fatores, desde doenças graves (ou nem tanto, como a gripe) até traumatismos. E neste processo os distúrbios emocionais podem, sim, ser elementos desencadeantes da doença, bem como alterações hormonais. O resultado é a dor, que influencia negativamente o estado de ânimo e compromete a capacidade produtiva de seus portadores.
 Normalmente, os primeiros sintomas de fibromialgia aparecem entre 29 e 37 anos, mas podem surgir também na infância. No entanto, seu diagnóstico muitas vezes é feito tardiamente, entre 35 e 58, 60 anos, talvez até pela lentidão com que os sintomas vão se instalando; dores no pescoço que se irradiam para os ombros e o restante do corpo, variando de intensidade, além de outros sinais menos perceptíveis quando no início.


 Em função da fibromialgia, outros problemas também podem surgir e causar sofrimento, como dores de cabeça, irritação nos intestinos e bexiga, sonolência durante o dia e dificuldade de concentração, como conseqüência das noites mal-dormidas. Todo esse elenco de condições dolorosas costuma, inclusive, provocar ansiedade e situações depressivas.


 Em todas as manifestações de fibromialgia é notável a queda dos níveis de cálcio e magnésio do corpo, o que intensifica o surgimento da dor. Esses níveis precisam ser reequilibrados através de uma reposição adequada. Lithocalcium, o suplemento que contém 72 minerais orgânicos além do cálcio e do magnésio, proporciona essa reposição e age efetivamente na diminuição das dores e demais sintomas, devolvendo equilíbrio e bem-estar ao organismo.


 Lithocalcium é o único repositor mineral cem por cento natural existente no mercado. O que isso quer dizer? Quer dizer que, usando Lithocalcium, você está livre de possíveis problemas renais decorrentes do acúmulo de minerais não-absorvidos pelo organismo. Os componentes do Lithocalcium são perfeitamente metabolizados por serem de origem vegetal (alga), permitindo ao corpo eliminar o mineral excedente através do suor, unhas e cabelos. Isso também significa segurança para você.


 É importante saber que os sintomas da fibromialgia também podem denunciar outras doenças de menor ou maior gravidade. Por isso, se você tiver, por mais de três meses, dores musculares ou qualquer sintoma dos que aqui foram descritos, procure o médico.


Informações Biovita

 


0 itens

 

E-mail

Senha


STIPER AURICULAR - POTE COM 100 PASTILHAS

STIPER AURICULAR - POTE COM 100 PASTILHAS
R$ 0,00
R$ 45,00
ou 2 X R$ 23,51

 
Adicionar aos Favoritos Definir como Página Inicial
Adicionar aos Favoritos Adicionar aos Favoritos
Adicionar aos Favoritos Indique o Site
NaturalleBR Produtos Naturais
Rua Santo Andre, 304 - Vila São Pedro - São Paulo - SP
Cep:04.676-070
11-29228151 / 11-


`Pague com PagSeguro
`Pague com PagSeguro
Desenvolvido por Lojas Virtuais BR